Que os Jogos Vorazes comecem

domingo, 29 de abril de 2012

"A história me fez passar várias noites em claro porque, mesmo quando terminava de ler, ficava acordada pensando. Jogos Vorazes é surpreendente"
Stephenie Meyer
Senhora Meyer vai comprar pão, virar cantora sertaneja, fazer resenhinhas super boring nas contra capas dos livros dos outros é tão "quero atenção".

Eu tinha muito preconceito contra esse livro, primeiro porque atrás dele tem um comentário da Stephenie Meyer, segundo porque muita gente diz que é melhor que Harry Potter e terceiro porque já haviam me dito que o livro era fraquinho comparado ao filme, já que no livro vemos tudo apenas pelo ponto de vista da personagem principal. Só que num belo domingo eu deixo esse preconceito de lado e faço uma dívida de três meses (OH GOD) e compro a trilogia na saraiva. O box é lindão, os livros são lindões - o que é essa capa de "A Esperança"? - e em uma semana eu terminei o primeiro: Jogos Vorazes. UMA SEMANA TÁ! Porque eu sou um menino ocupado. Eu tenho cursinho... séries a acompanhar, filmes pra assistir, ajudar a lavar louça... enfim, sou ocupado ¬¬

O livro se passa do ponto de vista de Katniss e vemos o que ela vê, o que ela tá sentindo e o que ela pensa, tenho uma certa preferência por livros contados em 3ª pessoa, mas depois desse livro o meu "preconceito" com livros de 1ª pessoa já era, são legais e você tem uma visão mais íntima da personagem principal, além de que quando termina você começa a conhecer MUITO BEM a pessoa que narra a estoria.
Suzanne Collins narra o livro de uma forma muito clara e fácil, não senti nenhum incômodo na linguagem dela, nenhuma palavra eu desconhecia e achei tudo muito fácil deve ter sido pelo fato de ter lido dois livros de George R.R. Martin. antes desse, já que a linguagem desses dois é mais adulta, pesada e complexa. 
Uma coisa que ela se assemelha a nossa amada J.K.Rowling é que ela detalha nos MÍNIMOS detalhes cada comida que as pessoas estão devorando, sempre sabemos o sabor, a cor, onde estava, em que formato, achei isso digníssimo e quando Katniss provou chocolate quente pela primeira vez eu pude sentir o que ela sentiu.
Isso Tia Collins, detalhismo é TUDO!
Quando eles chegam na Capital (nada de resumos, vocês sabem como é a estoria), eu achei tão Dorothy chegando na Cidade das Esmeraldas (O Mágico de OZ), me lembrou muito, pelo fato da Capital ser grandiosa, ter pessoas de uma certa forma esquisita e todas aquelas riquezas. A preparação pros Jogos é grande e cada cena de Katniss com seu estilista Cinna são ótimas, as roupas que ele prepara pra ela são deslumbrantes, dá pra ver o quanto ela se surpreende sendo uma menina pobre e humilde.
Então, desde a entrevista dos tributos que Peeta demonstra o seu amor por Katniss e ela meio que entra na onda de fingir pra toda a Capital, pra ganhar contribuições dos Patrocinadores e tal, em certos momentos do livro, o que ela sente por ele é tão grande que até eu acreditei que ela possa amar ele, mas sei lá, ela finge bem, certeza disso. Mas que ela magoou o coitado, magoou sim, mas ou era isso ou perdia os Jogos, enfim, a relçaão dos dois é uma coisa que tenho certeza que irá se desenrolar em "Em Chamas". Eu acho.. 
Em relação a ação toda dos Jogos Vorazes, cada cena é bem detalhada e bem contada, vemos as pessoas morrendo e o sangue brotando em todo lugar e fome, medo, correria, LOUCURA CORRE KATNISS TEM UMA FACA NA TUA TESTA.
Dá uma louca vontade de entrar no livro e dizer umas verdades pra esses Idealizadores dos Jogos. A cena final dos jogos com as bestas e a morte de Cato é bem mais dramática do que a que eu vi no cinema e a relação dos tordos com Katniss é muito fofa, eu queria um passarinho assim que cantasse e assobiasse essa melodia linda *_*

O final é meio diferente do filme, já que não temos a discussão de Seneca com Snow (eu não vi Seneca no livro, ou não lembro... whatever) e nem toda aquela cena dele ficar naquela salinha com amoras. Tem uma briguinha no trem de volta pra casa, entre Katniss e Peeta, quando ela fala pra ele que era tudo fingimento pra eles conseguirem vencer e tal, coitado, ele só sofre esse menino..


Enfim, comentem aí, enquanto eu vou ler "Em Chamas" (porque sou rycah, phyna e tenho todos os livros)
;) beijos!

4 comentários:

  1. AUSHUAHSUASHUAHSUAHS Eu ri com sua resenha.

    O filme colocou cenas que não aparecem no livro, como a morte do Seneca. A gente só sabe que ele morre no livro 2, que é quando a katniss sabe.

    O livro é cruel, é lindo, é... é... AAAAH! Em chamas é outro! Conflitos, conflitos.

    O final da série foi mais ou menos o que eu quis que acontecesse. Mas, como eu falei, essa série é cruel. Me revoltou um pouco. Enfim.. =D

    Diva phyna, me diverti com seu texto. haha

    ResponderExcluir
  2. Menine, já quero ler Jogos Vorazes!
    aushauhsuahsuahsuahsuahs
    Falta tempo.
    mas né, a xente resolfe.
    Ri altíssimo com o gif da GaGa. ausaushuahsuahsuh
    Stephenie Meyer sucks!
    Mas né...
    o filme é ótimo e só sei qm é Katniss o Peeta-Cheequeeta e a Willow Smith.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    WHIP MY HAIR BACK AND FORTH! wow
    \o
    Se joga "Em Chamas"! ahsuahsuahsuahs

    =*

    ResponderExcluir
  3. Eu sou uma apaixonada pela trilogia.
    (Seneca é apenas citado no em chamas se não me engano)Acho o filme MUITO fraco perto da força que os livros tem.

    ResponderExcluir

Blog contents © Lisztomania 2012. Blogger Theme by Nymphont.